Casa de Trabalho de Nordeste

Resenha Histórica

Maria do Carmo Monte

Um grupo de senhoras promove a abertura da “Casa da Liga Cristã”, em Janeiro de 1937, que tem como diretora-orientadora D. Maria do Carmo Pacheco Monte.

Este organismo é oficializado em 28 de janeiro de 1942, e a 10 de Fevereiro, são aprovados os estatutos da Casa de Trabalho e proteção à Juventude Feminina de Nordeste, Açores. No ano seguinte a Casa tinha 48 educandas, aumentando este número para 66, três anos depois.

Em 30 de Janeiro de 1949, a imprensa micaelense noticiava que o ministro das Obras Públicas de então, havia aprovado o projeto da Casa de Trabalho de Nordeste em em 25 de Julho desse mesmo ano, era lançada a primeira pedra.

A obra foi inaugurada a 28 de Novembro de 1954.

D. Maria do Carmo Pacheco Monte, conjutamente com outras senhoras, funda a Casa de Trabalho que acolhe crianças do sexo feminino.

Artesanato